Agrupamento de Escolas de Maximinos
Escola Secundária de Maximinos
Escola Básica 2/3 Frei Caetano Brandão
Centro Escolar de Maximinos
Centro Escolar da Naia
Escola Básica 1º ciclo/J. Infância de Estrada
Escola Básica 1º ciclo da Gandra
Centro Escolar de Gondizalves

Agrupamento de Escolas de Maximinos - (Escolas de Referência para a Educação de Alunos Cegos e Com baixa Visão)

Por todo o mundo, se assinala no mês de outubro o "Dia Mundial da Bengala Branca", que se comemora no dia 15.

Na sequência das comemorações do Dia da Bengala Branca, os docentes da Educação especial do grupo 930 estão a realizar ações de sensibilização em todas as turmas do 2º ciclo (na aula de Formação Cívica e EMRC), durante o decorrer desta semana.

O Dia Mundial da Bengala Branca é o dia consagrado a orientação e mobilidade no processo de reabilitação e integração das pessoas com deficiência visual. Ela começou a ser usada entre as duas Guerras Mundiais, em 1921,  por James Biggs of Bristol que pintou a dele de branco para chamar a atenção dos condutores. Dez anos depois, em Fevereiro de 1931 o Guilly d'Herbemont iniciou em França o movimento da Bengala Branca para os cegos. Em 1964 o congresso aprovou a lei que permitiu ao Presidente Lyndon B. Johnson de declarar o Dia Nacional de Segurança da Bengala Branca (15 de Outubro) afim de promover o uso da bengala. A partir de então, muitos presidentes continuaram a reconhecer este dia para lembrar que a maior barreira para as pessoas com deficiência visual é o da discriminação por parte da sociedade. A Bengala Branca não é um simples instrumento, mas simboliza a independência da pessoa com deficiência visual.

 

Nos dias que correm graças a aprendizagem é habitual ver pessoas cegas a utilizar uma bengala branca para se movimentar nas ruas, atravessando-as, entrando nos diversos transportes públicos, etc. Através de uma aprendizagem específica o indivíduo cego utiliza a bengala em conjunto com os seus outros sentidos. O uso da Bengala tem essencialmente duas técnicas: a técnica dos dois toques e a técnica em cruz. Este uso permite criar pontos de referência que o ajudam a identificar determinados locais, como por exemplo: um sinal de trânsito, um declive, mudança de piso, saliência numa parede, etc.

Um dos objectivos da comemoração do Dia Mundial da Bengala Branca é o de motivar e encorajar os nossos alunos com problemas de visão a utilizar a bengala num processo de aprendizagem ao longo do percurso escolar de forma a ficarem autónomos nas suas deslocações.

Agarre em Si. Invista no seu futuro!
Nós também somos Qualifica!

Mais informações em www.qualifica.gov.pt

Ficha de inscrição

logoErasmus.png

IMat

capaAndarilho.png

Disponível no agrupamento

AcademiaMusica Cartaz

hoje
ontem
esta semana
última semana
este mês
último mês
todos os dias
99
1974
12563
9450
39079
53886
1435781


teu IP:54.80.227.189